Há 10 anos, Britney Spears vivia sua pior fase: Relembre momentos que marcaram e como ela superou a crise!
‘Se Britney Spears conseguiu sobreviver a 2007, você consegue sobreviver a este dia’ – se você é fã de música pop, provavelmente já ouviu essa frase ou leu em alguma camiseta ou caneca por aí. Há 10 anos, a então princesa do pop Britney Spears vivia uma crise pessoal e profissional que tomou conta de todas as manchetes internacionais. Muitos acreditavam que era o fim da carreira dela, mas anos depois, a cantora conseguiu recuperar o prestígio e as rédeas da própria vida.

Em fevereiro daquele ano, Britney passou uma noite internada em uma clínica de reabilitação. No dia seguinte, ela raspou a cabeça e foi parar em todas as revistas de celebridades nos Estados Unidos. Sam Lufti, que era empresário da cantora na época, deu uma entrevista em 2012 dizendo que Britney teria raspado a cabeça ‘para esconder que tinha usado muita droga’. Segundo ele, a cantora estava perdendo o controle no vício por conta da batalha pela guarda dos filhos. A mãe de Britney, porém, já chegou a dizer que o empresário era quem fornecia drogas para ela.

Logo em seguida, Britney se irritou com a presença dos paparazzi a perseguindo e partiu para cima do fotógrafo brasileiro Roberto Maciel, empunhando um guarda-chuva. Foi também em 2007 que a cantora foi fotografada entrando de calcinha e sutiã no mar.

A revista OK Magazine chegou a marcar uma entrevista com a cantora, que chegou atrasada, mostrou dificuldade para responder as perguntas e, segundo a publicação, destruiu parte do guarda-roupa com peças de grifes caras que seriam usadas para um ensaio fotográfico com ela. Britney também teria saído com algumas das peças, avaliadas em US$ 15 mil. A OK Magazine publicou a cantora na capa com o título ‘Britney desmorona’.

Em julho daquele ano, Britney conseguiu o divórcio de Kevin Federline, mas continuou a disputa pela guarda dos filhos.

Apesar da crise, ela lançou o disco Blackout, que até hoje é elogiado pelos fãs. Porém, ao se apresentar no Video Music Awards daquele ano, na MTV, a cantora foi duramente criticada. A apresentação foi considerada catastrófica por conta da coreografia mal-executada, do lipsync e da aparência de Britney.

Em outubro, Britney perdeu a guarda dos filhos e a situação ficou pior. Ela precisou ser internada em uma clínica psquiatrica novamente. Jamie Spears, pai de Britney, declarou que vivia ‘um medo constante’ de ligar a televisão e descobrir que a filha tinha morrido naquele ano. O fotógrafo Adnan Ghalib, que namorou com a cantora em dezembro, disse em uma entrevista que ela estava depressiva e que temeu pela vida dela naquele Natal, quando ela foi proíbida de passar a data com os filhos.

As polêmicas continuaram no início de 2008. Britney foi autorizada a passar alguns dias com os filhos, mas se recusou a devolvê-los para o ex-marido. O psiquiatra da cantora pediu para que ela fosse internada e ela deixou a casa com a polícia acompanhando a ambulância. Por conta da situação crítica da filha, Jamie Spears conseguiu na justiça a guarda da filha e o direito de administrar sua carreira e bens pessoais. Até hoje, Jamie ainda é quem toma as decisões importantes pela filha. Porém, foi em 2008 que ela começou a virar o jogo. Britney foi premiada no VMA e abriu o show. Ela também parou de beber e começou a preparar uma nova turnê que estreou em 2009.

De lá pra cá, Britney lançou os discos Circus (2008), Femme Fatale (2011), Britney Jean (2013) e Glory (2016). Ela foi jurada do The X Factor nos Estados Unidos e está com um show fixo em Las Vegas desde 2013.
Britney conseguiu reconquistar sua carreira e seu titulo de Eterna Princesa do Pop, já fez duas Tours Mundiais, Lançou mais Hinos, um verdadeiro exemplo de Superação

E lembre-se:

(Visited 1.787 times, 1 visits today)
Tags: , ,

Comentários

Este artigo não possui comentários